Publicado em 08/11/2019 às 20h40.

Mensalão tucano: ex-governador Eduardo Azeredo deixa prisão em MG

Justiça determinou soltura baseada em decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que vetou prisão após condenação sem segunda instância

Redação
Foto: Reprodução/TV Globo
Foto: Reprodução/TV Globo

 

Preso desde maio do ano passado pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, o ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo, deixou a prisão na noite desta sexta-feira (8).

O alvará de soltura foi concedido baseado na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que vetou na quinta-feira (8) a prisão após condenação em 2ª instância. Sob o mesmo entendimento, também foi solto nesta sexta o ex-presidente Lula (PT).

Azeredo foi preso após ser condenado em segunda instância pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), no processo do mensação tucano, a 20 anos e um mês de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro.

Ele estava detido na sede do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros, localizado no bairro Funcionários, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

PUBLICIDADE