Publicado em 22/11/2021 às 08h25.

‘Não dá para flertar com o autoritarismo’, diz Sergio Moro sobre Lula

Ex-ministro criticou a atitude do petista de 'minimizar a repressão contra protestos na ditadura cubana'

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

O pré-candidato à presidência da República, Sergio Moro (Podemos) voltou, neste domingo (21), a atacar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Através das redes sociais, o ex-ministro da Justiça afirmou que o petista “flerta com o autoritarismo”

Em sua conta oficial no Twitter, Moro criticou a atitude do ex-presidente de ‘minimizar a repressão contra protestos na ditadura cubana’.

“Antes, o PT elogiou as eleições na Nicarágua, onde os opositores foram presos. Agora, é o Lula quem minimiza a repressão contra protestos na ditadura cubana e critica os Estados Unidos, uma democracia. Não dá para flertar com o autoritarismo”, escreveu Moro.

Na publicação, o ex-ministro da Justiça compartilhou uma manchete de uma notícia veiculada no portal UOL, sobre Lula ter amenizado críticas a Cuba, além de ter afirmado que Moro ‘sem toga’ é candidato como ele.

Temas: Cuba , Lula , PT , Sergio Moro


Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.