Publicado em 01/03/2016 às 15h00.

‘PF continuará o seu trabalho’, diz novo ministro da Justiça

Wellington César Lima e Silva afirmou que as instituições brasileiras estão "maduras a ponto de não sofrerem alterações com mudanças dos atores"

Redação
Foto: Mateus Pereira/GOVBA
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

 

O novo ministro da Justiça, Wellington César Lima e Silva, disse nesta quinta-feira (1º) que, apesar da troca no comando da pasta, a Polícia Federal continuará seu trabalho sem mudanças. “As instituições do Brasil estão maduras a ponto de não sofrerem alterações com mudanças dos atores. A Polícia Federal continuará com seu trabalho como tem desenvolvido até hoje”, afirmou o ex-procurador-geral de Justiça da Bahia, ao G1, após a primeira reunião de transição com José Eduardo Cardozo, que deixou a Justiça e vai para a Advocacia-Geral da União (AGU).

Ao deixar o encontro com o antecessor, o novo titular da pasta foi perguntado sobre o que a presidente Dilma Rousseff havia lhe pedido. “A minha compreensão é de que homens públicos, que ocupam determinadas funções, eles não necessariamente atendem a pedido algum, eles simplesmente cumprem o que a Constituição determina e o que a instância judicial do país também determina”, declarou Lima e Silva.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.