Publicado em 16/11/2017 às 14h20.

Praça em Itinga era construída sem alvarás, diz prefeitura de Salvador

Sedur se manifestou após prefeitura de Lauro de Freitas acusar agentes de "invasão" em área

Redação

A prefeitura de Salvador se pronunciou sobre uma operação realizada nesta quarta-feira (15) em Itinga, pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur).

A prefeitura de Lauro de Freitas havia reclamado de “invasão” dos agentes a uma área onde é construída uma praça.

Por meio de nota, a administração soteropolitana afirmou que a prefeitura de Lauro de Freitas “construiu irregularmente uma praça, sem os necessários alvarás de construção e ambiental autorizados pela Sedur”, em área pública “que pertence ao território de Salvador”.

A Sedur informou que foi verificada “a supressão de vegetação em área pública, sem a devida autorização ambiental da Prefeitura de Salvador, o que caracteriza crime ambiental”. Também foram apreendidas placas de publicidade durante a operação.