Publicado em 04/08/2021 às 19h40.

Proposta amplia competências do cirurgião-dentista na área da saúde

Projeto altera lei que permite a outros profissionais, como os médicos, supervisionar os serviços de odontologia

Redação
Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil
Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil

 

O Projeto de Lei 1991/21 estabelece como competência privativa do cirurgião-dentista a coordenação e a supervisão dos serviços de odontologia, ressalvada a direção administrativa. O texto em análise na Câmara dos Deputados insere o dispositivo na Lei 5.081/66, que regulamenta o exercício da odontologia.

“Quem melhor para conduzir as atividades que não aquele que as conhece bem? Ressalte-se que outros profissionais possuem essa prerrogativa expressa em lei, como os médicos”, analisou a autora, deputada Marília Arraes (PT-PE).

“É importante garantir que exista a coordenação de saúde bucal exercida por cirurgião-dentista em cada secretaria [da Saúde], para desenvolvimento do serviço e para assegurar a aplicação adequada de recursos”, disse a deputada, referindo-se à rede pública mantida pelos entes federativos.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Com informações da Agência Câmara de Notícias

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.