Publicado em 27/01/2021 às 06h54.

Racha no DEM expõe crise em candidatura de Baleia; Lira amplia base após dissidências

Maia manifestou insatisfação com ACM Neto e disse que sigla pode virar "partido da boquinha" se embarcar no grupo do líder do centrão na eleição da Câmara

Redação
Foto: Rodolfo Stuckert/ Câmara dos Deputados
Foto: Rodolfo Stuckert/ Câmara dos Deputados

 

O racha no DEM, presidido pelo ex-prefeito de Salvador ACM Neto, expôs uma crise na candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP), escolhido do presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM) para ser seu sucesso. Enquanto isso, seu rival, Arthur Lira (PP-AL), tem ampliado sua base de apoio após dissidências.

Na segunda-feira (26), Maia chegou a dizer que teme que o Democratas vire um “partido de boquinha”, demonstrando insatisfação com encontro entre Neto e Lira. O apelido citado pelo democrata foi dado ao PT em 2020.

Rodrigo Maia tenta emplacar Baleia como seu sucessor, mas enfrenta o favoritismo, até agora, de Lira, candidato chancelado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e que vem conseguindo apoio público inclusive de deputados do DEM. A eleição para a renovação do comando da Câmara ocorrerá na próxima segunda-feira (1º), às 22h. Com informações da Folha de S.Paulo.