Publicado em 18/07/2019 às 16h47.

TRF-4 nega pedido de Lula por suspeição de desembargadores

Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz e João Pedro Gebran Neto continuam habilitados para prosseguir em ações

Redação
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

 

A Quarta Seção do Tribunal Regional Federal da 4ª Região rejeitou, por 4 votos a 0, um pedido de suspeição contra o desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores nos processos que envolvem o ex-presidente Lula (PT) no âmbito da Lava Jato. A informação é do colunista Bernando Mello Franco, colunista de O Globo.

No recurso, a defesa do petista alegava, entre outras coisas, que o desembargador orientou a Polícia Federal a descumprir uma ordem para soltá-lo em julho de 2018.

O então diretor da Polícia Federal, Rogério Galloro, confirmou a ordem em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Na semana passada, Thompson Flores contestou o relato de Galloro e informou que não se considera suspeito para julgar Lula. Agora o caso será decidido pela 4ª Seção do TRF.

O TRF-4 também rejeitou a suspeição do desembargador João Pedro Gebran Neto, relator das ações da mesma força-tarefa.

PUBLICIDADE