Publicado em 17/09/2019 às 07h54.

Vereador governista reclama de veto do Executivo a projeto de sua autoria

"Foi aprovada por unanimidade nesta Casa e foi vetado em sua totalidade pelo Executivo", disse Cezar Leite (PSDB)

Matheus Morais
Foto: Tiago Cruz/ bahia.ba
Foto: Tiago Cruz/ bahia.ba

 

Aliado do prefeito ACM Neto (DEM), o vereador Cezar Leite (PSDB) criticou o veto do Executivo municipal ao projeto do Performance Bond, de sua autoria.

Segundo o tucano, o projeto poderia ser um “divisor de águas” em probidade administrativa.

“Tive um veto, o veto ao meu projeto 74, que é o Performance Bond, o do seguro garantia de obras públicas, algo que no Brasil se torna inovador, na Europa nem tanto, mas infelizmente foi vetada pelo Executivo. Foi aprovada por unanimidade nesta Casa e foi vetado, em sua totalidade, pelo Executivo municipal, com a justificativa que poderia gerar gastos e não seria de competência do município”, disse em discurso na Câmara de Vereadores na segunda-feira (16).

“Nós do Poder Legislativo temos força para colocar projetos de combate corrupção, de probidade administrativa. Esse projeto vai reduzir roubos, aditivos. Não vamos cair o veto de algo que vai trazer transparência para Salvador? Vou fazer defesa sim nas redes sociais e convoco os vereadores que quiserem fazer história na cidade de Salvador”, completou Leite.

 

PUBLICIDADE