Publicado em 18/03/2016 às 17h19.

Zé Neto: ‘Mexeram com fogo, agora prepara’

Líder do governo na Assembleia Legislativa corrobora a tese de que a Operação Lava Jato pretende dar um “golpe de Estado” no Brasil

Evilasio Junior
Foto: Roberto Viana/bahia.ba
Foto: Roberto Viana/bahia.ba

 

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Zé Neto (PT), corrobora a tese de que a Operação Lava Jato está associada aos partidos de oposição e pretende dar um “golpe de Estado” no país, semelhante ao golpe militar de 1964.

Em entrevista ao bahia.ba, na manifestação em favor da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, nesta sexta-feira (18), o parlamentar ressaltou a mobilização petista, que encheu as ruas do centro de Salvador. “Mostramos que ninguém está para brincadeira. Mexeram com fogo, agora prepara. Nós vamos para a rua e vamos mostrar que nesse país não vai acontecer o que aconteceu no passado. Nós estamos convictos de que é na democracia, é no voto, que nós temos que escolher os nossos governantes. Estão pensando que vão levar no grito, mas não avisaram ao zagueiro. Nós vamos para cima”, disse.

Pré-candidato a prefeito de Feira de Santana, o petista também falou da tradição da capital baiana em abrigar movimentos sociais de esquerda. “Salvador hoje deu o exemplo. Essa é a Salvador do 2 de Julho, essa é a Salvador da Independência, essa é a Salvador da negritude, essa é a Salvador da resistência e essa é a Bahia, onde tudo recomeça”, afirmou, ao apostar no reequilíbrio político e econômico do país.