Publicado em 26/03/2020 às 23h00.

Coronavírus: Exército nega falta de cuidado com militares

'Na situação atual, instruções e treinamentos foram readequados para evitar a exposição e o contágio dos militares'

Redação
Foto: 6ª Região Militar
Foto: 6ª Região Militar

 

Em nota encaminhada ao bahia.ba nesta quinta-feira (26), a 6ª Região Militar, em Salvador, contesta suposta negligência no combate à contaminação por coronavírus entre os militares, conforme publicação com foto na qual há homens sem máscaras num grupo que faz um treinamento.

A assessoria de comunicação diz ainda que a imagem não corresponde a nenhum grupo de militares da 6ª Região.

Abaixo a íntegra da nota.

Participação da 6ª Região Militar no combate à Covid-19

O Exército Brasileiro é uma instituição Nacional, cujas missões constitucionais impõem a exigência de permanente estado de prontidão e disponibilidade para emprego, também em situações de crises, como a gerada pelo COVID-19. Os treinamentos decorrentes são particularmente relacionados à capacidade física. Na situação atual, instruções e treinamentos foram readequados para evitar a exposição e o contágio dos militares, contudo, a paralisação dessas atividades, não é cabível.

No caso das tropas do Exército, sob o Comando Militar do Nordeste (Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí), houve a determinação específica para se evitar corridas em forma (ou em grupos).

O registro fotográfico apresentado pelo site não corresponde a uma imagem da tropa da 6ª Região Militar (Bahia e Sergipe).

O Comando da 6ª Região Militar está à disposição para esclarecer os questionamentos dos jornalistas e dos órgãos de imprensa que procuram agregar qualidade à informação que veiculam, ratificando seu compromisso com a verdade e divulgando informações após a confirmação dos fatos.

Seção de Comunicação Social da 6ª Região Militar

PUBLICIDADE