Publicado em 03/08/2022 às 07h49.

Familiares e amigos da adolescente baleada no Campo Grande realizam protesto

Manifestantes se organizaram para cobrar justiça pela morte de Cristal Pacheco, de apenas 15 anos

Redação
Foto: Reprodução, TV Bahia
Foto: Reprodução, TV Bahia

 

Familiares e amigos de Cristal Pacheco, adolescente que foi assassinada na manhã de terça-feira (2), no Campo Grande, organizaram um protesto pacífico no local do crime. Manifestantes se juntaram para cobrar justiça pela morte da jovem, de apenas 15 anos, baleada durante uma tentativa de assalto em frente ao Palácio da Aclamação, em Salvador.

Cristal caminhava até a escola, no centro de Salvador, junto com a mãe e a irmã, de 12 anos, quando foi abordada por duas criminosas. Pais de outros alunos, colegas de Cristal, também participaram do protesto.

A Polícia prendeu uma das suspeitas ainda na noite de terça-feira (2). A mulher foi localizada em um beco, dentro de uma construção abandonada, em Alto de Coutos, no Subúrbio Ferroviário. As buscas da segunda envolvida no crime, que já foi identificada e qualificada, seguem em andamento.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.