Publicado em 16/09/2021 às 17h11.

‘Oro e peço a Deus que não se confirme’, diz Bruno Reis sobre possível tsunami

Ao bahia.ba, ele disse que à medida em que haja "um agravamento do caso", a prefeitura adotará "protocolos de segurança de combate ao tsunami"

Leilane Teixeira / Matheus Morais
Foto: Betto Jr./Secom
Foto: Betto Jr./Secom

 

Com a possibilidade de um tsunami chegar a Salvador, o prefeito Bruno Reis disse ao bahia.ba que tem orado para que o fenômeno natural não se confirme. De acordo com o democrata, à medida em que haja “um agravamento do caso”, a prefeitura adotará “protocolos de segurança de combate ao tsunami.”

“Peço a Deus, rogo e oro para que não seja verdade e não se confirme, porque imagine estar enfrentando uma pandemia e agora ter que enfrentar um tsunami na pandemia! Caso os cientistas confirmem que há essa possibilidade, nós vamos ter que adotar medidas e criar protocolos para enfrentar esse efeito natural. Mas espero que, sendo verdade, não se confirme”, disse Bruno Reis na cerimônia de entrega de um conjunto habitacional em São Tomé de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador.

Segundo o prefeito, há tecnologia suficiente na cidade para saber a gravidade e a intensidade de um tsunami.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.