Publicado em 02/08/2017 às 14h20.

Suspeito de matar adolescente no Paraíso Tropical é preso

Ele atuava como segurança do estabelecimento e confessou ter atirado contra o jovem de 17 anos, que colhia frutos no local, na versão de familiares

Redação
Foto: Alberto Maraux/Divulgação/SSP
Foto: Alberto Maraux/Divulgação/SSP

 

Pouco menos de quatro meses após a morte de um adolescente em uma área do restaurante Paraíso Tropical, no bairro do Cabula, o suspeito pelo crime foi apresentado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta quarta-feira (2).

Ele atuava como segurança do estabelecimento e confessou ter atirado contra o jovem de 17 anos, que colhia frutos no local, na versão de familiares. A vítima foi encontrada em um matagal na Avenida Luís Eduardo Magalhães, no dia 19 de abril, e, segundo a necropsia realizada pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT), foi atingida por dois tiros na cabeça.

O inquérito ainda não está concluído e outras pessoas podem ser indiciadas. A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que o preso foi indiciado por homicídio e ocultação de cadáver.

PUBLICIDADE