Publicado em 08/12/2015 às 12h40.

Feira de Santana e Itabuna pedem reconhecimento de emergência

Municípios aguardam aprovação do processo de reconhecimento pelo estado e União por conta da seca na Bahia

Redação
Municípios aguardam aprovação do estado e da união para garantirem ajuda. Foto: Wikipédia
Municípios aguardam aprovação do estado e da união para garantirem ajuda. Foto: Wikipédia

A pior seca da Bahia nos últimos 80 anos já dez o estado decretar emergência em 111 municípios. As perdas nas lavouras e dificuldades de abastecimento de água na zona rural fizeram Feira de Santana requerer o reconhecimento da situação de emergência devido à seca. Agora, o município aguarda reconhecimento do estado e da União para poder receber ajuda no atendimento à população.

A falta de chuvas em Itabuna, no Sul da Bahia, também impulsionou a gestão municipal a solicitar apoio para amenizar as consequências da falta de chuvas que tem prejudicado captação, tratamento e distribuição de água, e o pleno funcionamento de equipamentos públicos.

No município do sul baiano, onde não chove há 120 dias e a seca atinge os principais rios (Colônia, Cachoeira e Almada) que abastecem a cidade, também foi  decretada situação de emergência.

A situação de emergência em Feira de Santana e Itabuna ainda está em processo de reconhecimento, por isso os dois municípios não constam na lista da Sudec.

 

PUBLICIDADE