Publicado em 25/11/2020 às 11h43.

ACM Neto defende que Judiciário assegure acesso à vacina: ‘Está aí para isso’

Prefeito de Salvador afirmou nesta quarta-feira (25) que "conteúdo ideológico" não pode definir rumo de imunização da população

Matheus Morais / Rayllanna Lima
Foto: Matheus Morais/bahia.ba
Foto: Matheus Morais/bahia.ba

 

O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) defendeu nesta quarta-feira (25) a interferência do Judiciário para assegurar a ampla distribuição de vacina contra o novo coronavírus para a população brasileira.

Na análise de Neto, o assunto não pode ser determinado por “conteúdo ideológico de presidente, governador ou prefeito de qualquer cidade”.

“O Judiciário está aí para isso, assegurar o acesso à saúde. Não vejo nenhum equívoco, nada de errado na decisão do ministro do Supremo”, afirmou, referindo-se ao ministro Ricardo Lewandowski, do STF, que votou na terça (24) pela obrigatoriedade para que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) apresente em 30 dias um plano de vacinação contra o vírus.