Publicado em 25/05/2020 às 17h20.

Avanço da pandemia no interior preocupa, diz ministro

Eduardo Pazuello defende estruturação das cidades menores para receber mais pacientes; país já tem 22 mil mores e 350 mil infectados

Redação
Foto: Eramos Salomão/ Ministério da Saúde
Foto: Eramos Salomão/ Ministério da Saúde

 

O avanço do novo coronavírus no interior preocupa, e o pior ainda está por vir, afirmou nesta segunda-feira (25) o ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello. Até domingo (24), o Brasil já registrava 22 mil mortes e 350 mil infectados pelo Sars-CoV-2. Pazuello discursou numa videoconferência da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Segundo o ministro interino, a pandemia tem três etapas: preparação, impacto nas regiões metropolitanas e capitais – fase atual – e impacto no interior. Uma pesquisa da Fiocruz com dados do IBGE, porém, mostra que 44% das cidades do país com população de 20 a 50 mil habitantes já tinham casos de Covid-19 no começo de maio.

“A gente tem de estar preparado para isso. Vamos ter que ter as estruturas que foram preparadas na capital e regiões metropolitanas para receber esse pessoal do interior que não tem as estruturas lá”, afirmou Pazuello.

Fonte: G1