Publicado em 09/04/2020 às 18h20.

Avião com EPIs da China tem chegada prevista para esta quinta

Carga de 16,6 toneladas será trazida pela mineradora Vale, a pedido do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Está prevista para o final da tarde desta quinta-feira (9) a chegada de um voo da Emirates com 16,6 toneladas de produtos chineses necessários ao combate à pandemia do novo coronavírus. São cerca de mil caixas transportando um milhão de máscaras descartáveis, 2.250 óculos de proteção e um milhão dos 5 milhões de kits de testes rápidos para o novo coronavírus comprados pela companhia. As informações são do site Terra.

Trata-se da primeira remessa de equipamentos de proteção individual (EPIs) comprados pela Vale para uso de profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus. O lote foi trazido a pedido do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

A Vale fretou 14 aviões, dos quais 12 cargueiros, exclusivamente para trazer 600 toneladas de insumos médicos da China para ajuda humanitária ao País. O primeiro deles pousou no dia 30 de março.Ao todo serão 15,8 milhões de unidades de EPIs: 11 milhões de máscaras cirúrgicas, 2,5 milhões de máscaras do tipo N95, 2 milhões de aventais, mais de 4 mil óculos e em torno de 200 mil luvas de látex.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.