Publicado em 06/03/2021 às 18h00.

Bolsonaro admite que pode se vacinar: ‘Lá na frente, depois que todo mundo tomar’

Presidente insiste em falar que está imune por ter tido a doença em julho do ano passado

Redação
Foto: Carolina Antunes/PR
Foto: Carolina Antunes/PR

 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) admitiu que pode se vacinar contra o novo coronavírus. Em conversa com apoiadores na noite de sexta-feira (05), ele não descartou receber um imunizante contra a doença.

“Eu já tive o vírus vivo, então estou imunizado. Deixa outro tomar a vacina no meu lugar. Lá na frente, lá na frente, depois que todo mundo tomar… Se eu resolver tomar, porque no que depender de mim é voluntário, eu tomarei”, afirmou.

Apesar de já ter contraído o vírus, não há garantias de que Bolsonaro ainda esteja imune. Isso porque ele testou positivo para a doença em julho do ano passado e cientistas ainda não sabem dizer por quanto tempo uma pessoa que se curou da Covid-19 fica imune. Inclusive, testes já comprovaram reinfecções em pacientes que já haviam tido o vírus.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.