Publicado em 26/10/2021 às 10h23.

Com baixa adesão em ‘Arrastão da 2ª Dose’, prefeito faz novo apelo por vacinação

Bruno Reis informou que a capital tem atualmente 190 mil pessoas que poderiam tomar a segunda dose mas não compareceu aos postos

Adriano Villela / Rayllanna Lima
Foto: Rayllanna Lima/bahia.ba
Foto: Rayllanna Lima/bahia.ba

Anunciado no sábado (23), o “Arrastão da 2ª dose” da prefeitura de Salvador teve baixa adesão em seu primeiro dia, na segunda-feira (25). Apesar da capacidade de imunizar 50 mil cidadãos, apenas algo em torno de 24 mil foram aos postos, segundo informou o prefeito Bruno Reis, durante ato ocorrido nesta terça (26). “Temos agora um universo de 190 mil pessoas, quase 200 mil pessoas, que não foram tomar a segunda dose”, informou.

Bruno aproveitou para fazer novo apelo à população da capital baiana. “Toda a população adulta acima de 18 anos já pode tomar a segunda dose. Podemos ser a primeira capital a concluir a vacinação. Depende da gente, de a gente se vacinar”, comentou, citando em seguida trecho da música ‘Pra não dizer que não falei de flores’, de Geraldo Vandré: “Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”.

O prefeito novamente avisou que o Carnaval não está confirmado. Em suas palavras, “todo mundo está doido para voltar a se abraçar,a tirar a máscara, a participar dos grandes eventos”, mas depende do andamento da aplicação da segunda dose. O “arrastão” prossegue nesta terça, também com a expectativa de aplicar o imunizante contra a Covid-19 em 50 mil pessoas.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.