Publicado em 27/10/2021 às 12h35.

Empresas de 105 países poderão fabricar versão genérica de antiviral da MSD

Acordo de licenciamento do molnupiravir foi assinado pela Merck em benefício de associação apoiada pela ONU

Redação
Foto: Divulgação, Merck
Foto: Divulgação, Merck

 

A farmacêutica Merck (MSD) assinou acordo de licenciamento com a Associação de Patentes Medicinais (MPP) que permitirá que mais empresas fabriquem versões genéricas de antiviral experimental desenvolvido para tratamento da Covid-19, o molnupiravir. A MPP é apoiada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O licenciamento isento de direitos de propriedade se aplicará a 105 países de baixa e média renda. A Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) estuda conceder uma autorização de uso emergencial para o remédio. Teste clínico apontou que o antiviral reduz pela metade o risco de doenças graves e mortes quanto administrado cedo em pacientes com Covid-19.

“Este é o primeiro licenciamento de uma tecnologia médica contra a Covid-19 transparente e voluntário voltado à saúde pública”, disseram a MSD e a MPP em comunicado conjunto. No início deste ano, a MSD assinou acordos bilaterais de licenciamento com oito fabricantes de genéricos da Índia, incluindo as farmacêuticas Aurobindo Pharma, Cipla Ltd, Dr. Reddy’s Labs, Emcure Pharmaceuticals, Hetero Labs, Sun Pharmaceuticals, e Torrent Pharmaceuticals. Fonte: Reuters



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.