Publicado em 06/01/2022 às 16h40.

Goiás registra primeira morte pela variante Ômicron no Brasil

Vítima era homem de 68 anos, portador de doença pulmonar crônica, hipertenso e estava vacinado com três doses

Redação
Foto: Effelle/Pixabay/Divulgação Agência Fapesp
Foto: Effelle/Pixabay/Divulgação Agência Fapesp

 

O Estado de Goiás divulgou, nesta quinta-feira (6), que registrou a primeira morte pela variante Ômicron do Coronavírus no Brasil. A vítima era um homem de 68 anos, hipertenso e portador de “doença pulmonar obstrutiva crônica”, que estava internado em um hospital na cidade de Aparecida de Goiânia.

De acordo com o comunicado da prefeitura local “o paciente era contactante de um caso que a pasta já havia confirmado como infecção pela variante. O homem estava vacinado com três doses”.

A Secretaria de Saúde da cidade informou que a confirmação da morte acontece dez dias após a declaração de transmissão comunitária da cepa na cidade.

A Prefeitura determinou a ampliação do Programa de Vigilância Genômica para sequenciamento das amostras positivas de Covid-19.

Aparecida de Goiânia já registrou 55 casos da Ômicron – a variante tem prevalência de 93,5% na cidade. Os primeiros casos na cidade foram descobertos no dia 12 de dezembro.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.