Publicado em 23/03/2021 às 12h49.

Estado de São Paulo registra 1.021 mortos por coronavírus em 24 horas

Expectativa na semana passada é de que seriam mais de 800; salto, no entanto, foi explosivo

Redação
Governador João Doria (Foto: Governo do Estado de São Paulo)
Governador João Doria (Foto: Governo do Estado de São Paulo)

 

O estado de São Paulo registrou 1.021 mortes causadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo. De acordo com a publicação, o dado supera as piores expectativas da equipe de saúde do governo paulista, que previa que o número de óbitos poderia chegar a 800.

Foram registrados também 20.942 novos casos da doença.

O Brasil vive hoje o pior momento da epidemia do novo coronavírus. Ainda conforme a coluna da Folha, só em São Paulo há 28.738 pacientes internados se tratando da doença.

Destes, 16.570 estão em enfermarias e 12.168 estão em UTIs.

O salto nas UTIs foi de 40% apenas em março. No dia 8, 8.657 pacientes estavam em tratamento intensivo. Agora, são 12.168.

A taxa de ocupação de leitos de UTI é de 91,2% no estado e de 91,3% na Grande São Paulo.

De acordo com as últimas projeções internas, os leitos podem se esgotar em três dias se novas estruturas não forem abertas.

As internações de pacientes subiram em ritmo explosivo. Na semana passada, elas chegaram à média diária de 3.086 novas internações. Descontadas as altas e as mortes, havia um acréscimo de até 300 pacientes por dia nos hospitais.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.