Publicado em 03/09/2021 às 13h59.

Fiocruz vai ficar duas semanas sem entregar doses de vacina da Astrazeneca

Atraso na entrega do Ingrediente Farmacêutivo Ativo (IFA), que é a matéria-prima do imunizante, causa preocupação

Redação
Foto: Fernando Vivas/GOVBA
Foto: Fernando Vivas/GOVBA

 

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou nesta sexta-feira (3) que vai ficar duas semanas sem entregar doses de vacina contra Covid-19 da AstraZeneca para o Ministério da Saúde. Com isso, pode faltar vacina para quem vai tomar a segunda dose do imunizante.

O motivo da suspensão é o atraso na entrega do Ingrediente Farmacêutivo Ativo (IFA), componente necessário à fabricação da vacina que é importado da China.

O último lote da Fiocruz recebido na Bahia chegou nesta quinta-feira (2), com mais 71.500 doses de vacina contra a Covid-19.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.