Publicado em 28/07/2021 às 17h31.

Homem se recusa a receber vacina CoronaVac em Salvador; veja vídeo

Especialistas repudiam a atitude: 'a melhor vacina é aquela que está no braço'

Leilane Teixeira

Um homem que estava na fila do drive thru da Arena Fonte Nova, em Salvador, na manhã desta quarta-feira (28),  se recusou a receber o imunizante ao saber que era a Coronavac. O momento foi registrado e postado nas redes sociais.

Em uma de suas falas, ao se encaminhar com o carro para as baias de vacinação, ele diz: “Se for Coronovac, eu não vou tomar. Estou sabendo que é Coronavac”. Ao receber a confirmação sobre o fabricante da vacina ele ainda age com deboche. “Então, tchau. Não tomo Coronovac nem que me paguem. Coronavac não dá não, pô. Você é maluco? Tchau, Coronavac”, finaliza. Veja o vídeo abaixo


Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por bahia.ba (@bahia.ba)

 

Especialistas alertam contra essa atitude

A infectologista da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Adielma Nizarala, adverte sobre os riscos de escolher a vacina contra a Covid com base no laboratório fabricante e defendeu que imunizante disponível nos postos, seja ele qual for, a fim conter a pandemia o mais rápido possível.

“Não existe a possibilidade de você escolher uma vacina. É preciso entender que se a gente não frear a doença com qualquer vacina aprovada, não voltaremos a normalidade”, explicou. A especialista ainda lembra que o surgimento de novas variantes pode aumentar o número de casos e de mortalidade, agravando o quadro da pandemia no país.

Já a médica infectologista e pesquisadora da Fiocruz, Fernanda Grassi, repudia esse tipo de comportamento. “Com a escassez das vacinas, não se pode dar ao luxo de escolher marca porque isso retarda o benefício coletivo. Esse comportamento é ridículo. A Coronavac já mostrou que é eficaz. A pessoa precisa tomar a vacina que estiver disponível e a melhor vacina é aquela que está no braço”, destaca a pesquisadora.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.