Publicado em 09/04/2020 às 17h20.

Ministério compra R$ 35 milhões em alimentos para indígenas e quilombolas

Preocupação é que, com o isolamento social, representantes deixem de viajar até as cidades para comprar alimentos

Redação
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos firmou convênio para destinar R$ 35 milhões na compra de alimentos para os povos indígenas e comunidades quilombolas. Os insumos serão entregues pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

De acordo com a coluna Radar, de Veja, o acordo assinado na última quarta-feira (8) prevê a aquisição e distribuição dos alimentos para grupos em situação de vulnerabilidade de sua segurança alimentar e nutricional por causa da pandemia do novo coronavírus. A preocupação é que, com o isolamento social, representantes das aldeias e dos territórios quilombolas deixem de viajar até as cidades para comprar alimentos.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.