Publicado em 16/04/2020 às 08h59.

MST fará doações para ‘abril vermelho’ durante isolamento social

Já estão previstas a distribuição de alimentos, cultivados e produzidos em assentamentos do grupo

Redação
Foto: Reprodução/Voz do Movimento
Foto: Reprodução/Voz do Movimento

 

A jornada anual do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra), em que o grupo lembra as mortes de camponeses em Eldorado do Carajás em abril de 1996, será marcada por ações de solidariedade social durante a pandemia do novo coronavírus (Covi-19).

De acordo com informações da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, já estão previstas para o “Abril Vermelho” a distribuição de alimentos, cultivados e produzidos em assentamentos do MST, em 18 estados  – a maior parte, em cidades do interior.

Na sexta (17), haverá uma live com o ex-presidente Lula transmitida via redes sociais do MST. Na tarde do mesmo dia, haverá uma movimentação de militantes no Twitter como forma de ato político virtual.

Nas capitais, haverá doações de alimentos em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Recife e São Luís. Na capital paulista, a atividade será na favela do Moinho, no Bom Retiro, às 10h.