Publicado em 04/06/2021 às 22h46.

Muito abaixo da necessidade, diz Rui sobre decisão da Anvisa de limitar uso da Sputnik V

Apesar de aprovar importação do imunizante russo, agência impôs condicionantes para sua aplicação no país

Redação
Foto: SecomGOVBA
Foto: SecomGOVBA

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), celebrou na noite desta sexta-feira (4) a decisão da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de autorizar, em caráter excepcional, estados do Nordeste a importar a Sputnik V, vacina russa contra a Covid-19.

Em publicação no Twitter, o chefe do Executivo estadual, no entanto, lamentou as condicionantes impostas para o uso do imunizante no país, dentre elas a que limita a aplicação das doses em apenas 1% da população.

Em março, o governo baiano assinou um contrato para a aquisição de 9,7 milhões de doses da vacina.

“É apenas o início, mas depois de muita luta conseguimos aprovação para importar e aplicar a Sputnik V. A quantidade autorizada pela Anvisa está muito abaixo da real necessidade. Agora, é batalhar para fazer chegar logo o que foi aprovado e vacinar nosso povo. Vacina salva vidas”, escreveu o governador no Twitter.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.