Publicado em 16/06/2021 às 21h40.

Obras Sociais Irmã Dulce, que abrigaram testes de vacina, recebem homenagem da Pfizer

Ato, com entrega de placa personalizada, foi em reconhecimento à contribuição da entidade nos estudos

Redação

 

Foto: Reprodução/Instagram/Osid
Foto: Reprodução/Instagram/Osid

 

O Centro de Pesquisa Clínica (CPEC) das Obras Sociais Irmã Dulce (Ossid) recebeu uma homenagem da farmacêutica multinacional Pfizer e da empresa alemã BioNTech. O ato, que contou com entrega de placa personalizada, foi realizado em reconhecimento à contribuição da entidade nos estudos da vacina contra a Covid-19.

O CPEC sagrou-se o segundo maior centro de pesquisa em número de voluntários para o imunizante da Pfizer/BioNTech no mundo. Durante os testes do fármaco em Salvador, o trabalhou incluiu 1.549 participantes, de um total de 46 mil voluntários em 154 centros nos Estados Unidos, Argentina, Alemanha, Turquia, África do Sul e Brasil.

O ensaio clínico na instituição da Santa Dulce dos Pobres foi realizado de agosto a outubro de 2020 e avaliou aspectos como segurança, tolerabilidade, imunogenicidade e eficácia das vacinas.

O imunizante Pfizer/BioNTech (BNT162b2) tornou-se o primeiro a receber o registro definitivo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no Brasil, concedido em fevereiro de 2021.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.