Publicado em 11/08/2020 às 16h02.

Paraná anuncia parceria para produção de vacina da Rússia

Denominada de Sputnik V, substância foi anunciada nesta terça-feira pelo presidente russo, Vladimir Putin

Redação
Foto: reprodução/Facebook
Foto: reprodução/Facebook

 

O governo do Paraná anunciou que vai assinar um convênio com a Rússia para produzir a vacina Sputnik V. O registro da substância – primeiro relacionado à Covid-19 – foi anunciado nesta terça-feira pelo presidente russo, Vladimir Putin.

De acordo com o G1, o convênio deve ser assinado nesta quarta-feira (12) pelo governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), e pelo embaixador da Rússia, Sergey Akopov. A parceira vinha sendo alinhavada desde julho. Ainda assim, o mais provável é que a vacina só chegue ao Brasil em 2021.

A vacina russa é questionada pela comunidade científica internacional por ausência de publicação dos resultados de três fases dos testes.

Por meio de nota, a Anvisa informou que o laboratório russo responsável pelo desenvolvimento da vacina não apresentou nenhum pedido de análise desta vacina pela Agência. O governo brasileiro acompanha em sigilo o desenvolvimento do produto russo, como afirmou a coluna Radar, da revista Veja.