Publicado em 22/12/2020 às 20h40.

Pazuello: Brasil se prepara para vacina em 2021: ‘Fim de fevereiro na pior das hipóteses’

Fala foi dita durante audiência da comissão externa da Covid-19, na Câmara dos Deputados

Redação
General Eduardo Pazuello, ministro da Saúde (Foto: Marcos Corrêa/PR)
General Eduardo Pazuello, ministro da Saúde (Foto: Marcos Corrêa/PR)

 

A previsão do governo federal é que a vacinação contra a Covid-19 seja iniciada no Brasil em 2021. Segundo o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nesta terça-feira (22), a expectativa é que a população comece a ser imunizada no “fim de janeiro na melhor hipótese e fim de fevereiro, na pior”.

“Estamos nos preparando para iniciar 2021 com a vacina, se Deus quiser, assim que registrada pela Anvisa ou aprovada para que a gente possa utilizar, e entregue na hora que tiver de ser para vacinar a população como um todo”, disse.

“Previsão nossa, como sempre, fim de janeiro na melhor hipótese e fim de fevereiro, na pior hipótese. Mas estamos caminhando forte para podermos ter vacina de várias matizes e entrega o mais rápido possível”, completou durante audiência da comissão externa da Covid-19, na Câmara dos Deputados.

Na última sexta-feira (18), a Câmara aprovou a adesão do Brasil à Covax Facility, uma aliança internacional para acelerar a aquisição da vacina e flexibilizar os prazos da Anvisa para analisar os imunizantes.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.