Publicado em 04/08/2020 às 16h01.

Prefeito que sugeriu aplicação retal de ozônio distribui Ivermectina em SC

Volnei José Morastoni (MDB) distribuiu 1,5 milhão de comprimidos de Ivermectina para tratar pacientes com coronavírus

Raphael Minho
Foto: Divulgação/Alesp
Foto: Divulgação/Alesp

 

A Prefeitura de Itajaí, em Santa Catarina, já distribuiu 1,5 milhão de comprimidos de Ivermectina para tratar pacientes diagnosticados com o novo coronavírus. O remédio não possui nenhuma evidência científica de eficácia no tratamento de Covid-19.

Nesta terça-feira (4), o prefeito do município, Volnei José Morastoni (MDB), ainda sugeriu a aplicação retal de ozônio, também para tratar as pessoas que apresentação sintomas causados pelo coronavírus. Morastoni é formado em medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

De acordo com uma nota divulgada pela prefeitura, mais de 200 mil pessoas já receberam o remédio. A nota ainda diz que as pessoas realizam um cadastro, preenche um questionários, e que os dados estão sendo analisados por profissionais da Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

“O tratamento com ivermectina é mais uma estratégia de Itajaí no enfrentamento à COVID-19. Além das 126 mil pessoas que aderiram à medicação, outras 60.869 já retiraram a segunda e terceira doses para dar continuidade ao tratamento”, diz a nota.