Publicado em 27/03/2021 às 12h11.

Prefeitura anuncia fim de intervenção na CSN e assume operação direta em serviço de transporte

Medida foi anunciada neste sábado pelo prefeito Bruno Reis

Alexandre Santos
Prefeito (Bruno Reis (DEM) durante entrevista coletiva (Imagem: Reprodução/Zoom)
Prefeito (Bruno Reis (DEM) durante entrevista coletiva (Imagem: Reprodução/Zoom)

 

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), anunciou neste sábado (27) o fim do contrato de intervenção na CSN (Concessionária Salvador Norte), operadora de transporte coletivo que atende regiões no entorno entre a Estação Mussurunga e a orla da capital. A medida foi tomada nove meses após a gestão municipal assumir a prestação do serviço em meio à crise econômica que ameaçava interrupção do serviço.

Em entrevista coletiva virtual, Bruno Reis também comunicou que, a partir de segunda-feira (29), a prefeitura assumirá a operação de forma direta. Ao mesmo tempo, o município abrirá uma licitação para tentar atrair empresas interessadas em executar o serviço. O processo, já autorizada pela Câmara de Vereadores, visa absorver, via Reda (Regime Especial de Direito Administrativo), parte dos 4.493 trabalhadores da concessionária. A contratação será realizada com recursos próprios do Thomé de Souza.

Segundo o prefeito, no período de intervenção, a administração municipal investiu R$ 90 milhões na CSN, que, por sua vez, já acumulava prejuízo de mais de R$ 258 milhões.

Atualmente, a empresa soma R$ 516 milhões em dívidas e soma uma série de irregularidades, conforme aponta um relatório de auditoria. Dentre os principais passivos mencionados no documento, de acordo com Bruno Reis, estão R$ 172 milhões em dívidas municipais; R$ 125 milhões, entre rescisões e processos trabalhistas, R$ 40 milhos com fornecedores, além de R$ 25 milhões em parcelas de financiamentos e empréstimos bancários.

“Estou comunicando, nesse momento que, na condição de prefeito de Salvador, estou rescindido contrato de concessão com a CSN por todas essas razoes expostas”, disse Bruno Reis na coletiva.

O prefeito informou que o resultado da auditoria será encaminhado aos devidos órgãos de controle para a adoção de medidas contra os responsáveis por tais irregularidades.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.