Publicado em 04/12/2021 às 14h30.

Prefeitura realiza vacinação e testagem no Aeroporto neste sábado (4)

Até as 12h, 300 pessoas já tinham sido vacinadas e 15 fizeram o teste

Redação
Foto: Ascom/SMS
Foto: Ascom/SMS

 

A Prefeitura de Salvador iniciou a vacinação e testagem contra o Covid-19 no Aeroporto da cidade, neste sábado (4). A ação faz parte da Super Vacinação, promovida através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), com o objetivo de combater a chegada da nova variante Ômicron na capital baiana. Até as 12h, 300 pessoas já tinham sido vacinadas e 15 fizeram o teste – nenhum caso positivo.

O ponto volante de imunização instalado no local tem como objetivo ampliar o acesso às doses do imunizante entre os viajantes na capital baiana. “Vi nas redes sociais que haveria a vacinação no Aeroporto e aproveitei para tomar a terceira dose que estava atrasada. Tenho uma rotina intensa de viagem e essa foi uma boa oportunidade para colocar a imunização em dia”, explicou uma enfermeira.

Durante a mobilização, também estão sendo realizados os testes rápidos para detecção do novo coronavírus para as pessoas que desembarquem no aeroporto. A estratégia é uma ação conjunta das Secretarias Municipal e Estadual da Saúde com o apoio da Anvisa e a administração do Aeroporto de Salvador.

O laudo com o resultado é disponibilizado em até 30 minutos presencialmente ou através do site pms.lisnet.com.br. Em caso positivo, o passageiro assintomático ou com sintomas leves irá receber fará uma nova testagem e as instruções para isolamento domiciliar. A exceção da estratégia fica para os indivíduos que estiverem em trânsito, tanto em zona internacional quanto em zona nacional.

“Montamos uma megaestrutura tanto para testagem quanto para imunização dos viajantes, trabalhadores e pessoas que estão transitando no Aeroporto de Salvador. Trata-se de mais um importante esforço da gestão municipal, conjuntamente com a Sesab (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia), para o enfrentamento ao vírus na cidade”, declarou o subsecretário da SMS, Décio Martins.

O ponto estará disponível até as 18h e o público habilitado para 1ª dose são pessoas com 18 anos ou mais; adolescentes com 12 anos ou mais; adolescentes com comorbidades, gestantes e puérperas com idade entre 12 e 17 anos; 2ª dose da CoronaVac com aprazamento até 04/12/2021 e da Oxford e Pfizer aprazados ate 03/01/2022; 3ª dose para imunossuprimidos com segunda dose até 06/11 /2021 e pessoas com 18 anos ou mais com segunda dose recebida até 06/07/2021.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.