Publicado em 28/07/2021 às 19h40.

Presídios e unidades socioeducativas do Brasil têm mais de 100 mil infectados

Desse total, quase 70 mil casos são de internos e 32 mil de servidores contaminados pelo vírus

Redação
Foto: Luiz Silveira / Agência CNJ
Foto: Luiz Silveira / Agência CNJ

 

O número de pessoas que receberam o diagnóstico de Covid-19 em estabelecimentos dos sistemas prisional e socioeducativo no país ultrapassou a marca de 100 mil, segundo monitoramento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com o levantamento, são 90.132 casos da doença em unidades prisionais e 10.505 em instituições para internação de adolescentes, somando 100.637 registros até esta quarta-feira (28). Desse total, 67.978 casos são de internos e 32.659, de servidores contaminados pelo vírus.

Desde o início da pandemia, foram registrados 691 óbitos nos presídios brasileiros, sendo 390 —a maioria deles— de funcionários.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.