Publicado em 06/04/2020 às 07h17.

Rui Costa rebate Bolsonaro: ‘Não é hora de ameaçar usar o poder da caneta’

Presidente ameaçou "usar a caneta" contra integrantes do seu próprio governo que "estão se achando demais", uma possível indireta a Mandetta

Rayllanna Lima
Foto: Rayllanna Lima/bahia.ba
Foto: Rayllanna Lima/bahia.ba

 

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), comentou a declaração dada no domingo (5) pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que criticou integrantes do seu próprio governo e ameaçar de “usar a caneta” e demitir pessoas que “estão se achando demais”.

A fala do presidente, mesmo sem citar nomes, foi vista como uma indireta para o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que tem sido alvo frequente de críticas de Bolsonaro, que já o acusou de “estrelismo” por atuação em combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Por meio de publicação no Twitter, sem mencionar o presidente, Rui costa disse que o momento não é para fazer ameaças, mas sim de “trabalhar para salvar vidas e evitar o caos social”.



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.