Publicado em 15/04/2021 às 08h36.

Rui garante prioridade na vacinação para trabalhadores da educação na Bahia

Após reunião de comissão, governador também decidiu ampliar imunização de policiais e demais trabalhadores da segurança

Rayllanna Lima
Foto: Mateus Pereira/GOVBA
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

 

Os trabalhadores da educação com idade a partir de 55 anos que atuam na Bahia vão integrar a lista de grupos prioritários na vacinação contra a Covid-19.

A decisão do governador Rui Costa (PT), que passou por crivo da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (15).

Além disso, foi definida a ampliação da imunização de policiais e demais trabalhadores da segurança e salvamento. De forma escalonada, profissionais de 45 e 49 anos que atuam nessa área serão priorizados.

Ao comemorar a inclusão de novos públicos, Rui cobrou celeridade na distribuição de vacinas por parte do governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

“Precisamos de mais vacinas para ampliar a imunização e retomar as aulas com segurança para todos. O cronograma de vacinação será estabelecido pelos Municípios e depende da chegada de mais vacinas. Por isso tenho cobrado celeridade do Governo Federal”, disse em publicação no Twitter.

Na postagem, o governador voltou a cobrar da Anvisa a liberação da importação da vacina Sputnik, produzida na Rússia. “Queremos salvar vidas”, acrescentou.

 

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.