Publicado em 09/04/2020 às 11h44.

Sem primeiro-ministro, Londres projeta estender isolamento

Governo do Reino Unido estuda nesta quinta-feira a necessidade de prolongar o confinamento

Redação
Foto; Reprodução/Facebook
Foto; Reprodução/Facebook

 

O governo do Reino Unido estuda nesta quinta-feira (9) a necessidade de prolongar o confinamento após as primeiras três semanas, uma decisão que deve ser tomada nos próximos dias sem o primeiro-ministro Boris Johnson, que ainda está em tratamento intensivo.

Segundo o portal G1, o núcleo duro do Executivo e seus consultores médicos e científicos vão se reunir no comitê governamental de resposta a crises presidido pelo ministro das Relações Exteriores, Domic Raab, que substitui Johnson interinamente.

O “grupo determinará o caminho para a revisão (do confinamento), mas no momento estamos tendendo a manter as recomendações”, disse o ministro da Cultura, Oliver Dowden, à rede BBC.

 

No entanto, ele alertou, que não se deve esperar um resultado imediato: “a revisão ocorrerá na próxima semana”.

 



Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.