Publicado em 05/05/2021 às 20h20.

Teich diz que teoria de ‘imunidade de rebanho é um erro’

Ex-ministro afirmou que a imunidade contra o coronavírus só é alcançada com a vacinação

Redação
Foto: Júlio Nascimento/PR
Foto: Júlio Nascimento/PR

 

O ex-ministro da Saúde Nelson Teich criticou a teoria da ‘imunidade de rebanho’ para combater o novo coronavírus. Durante sessão da CPI da Covid nesta quarta-feira (5), o médico afirmou que a imunidade contra a doença só é alcançada com a vacinação.

“Imunidade de rebanho é um erro. Imunidade [contra o coronavírus] você vai ter através da vacina e não de pessoas infectadas. Imunidade através de infecções é um erro”, disse.

Segundo Teich, ao menos durante a gestão dele, o assunto da imunidade nesses moldes “nunca foi discutido, nunca foi colocado como uma estratégia. Isso eu posso garantir”. Os senadores, contudo, ainda trabalham com a hipótese de que o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) tenha apostado na imunidade de rebanho e deixou de lado ações de enfrentamento à pandemia.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.