Publicado em 05/08/2020 às 18h20.

Pouco mais da metade dos filhos vão entregar presentes no domingo

Segundo pesquisa da Unijorge e Pollis Estratégia, data especial revela novo tipo de cliente; gasto médio será de R$ 70

Redação
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

 

Pouco mais da metade dos filhos pretende ofertar presente no Dia dos Pais, no próximo domingo (9). De acordo com pesquisa feita pela empresa de consultoria Pollis Estratégia, em parceria com a Unijorge, 30% dos filhos passarão esse dia com os pais e 56% irão presenteá-los.

Realizada por meio eletrônico entre os dias 24 e 27 do mês passado, a sondagem constatou que o gasto médio ficará em R$ 70. Foram ouvidos 150 entrevistados.O professor de Estratégia e coordenador do curso de Administração da Unijorge, Constantino Oliveira, ressalta que a pandemia tem feito mudanças nos hábitos dos consumidores.

Responsável pela pesquisa, avice-presidente do Conselho Regional de Estatística da 5ª Região (CONRE 5), Caroena Alves, afirmou que a sondagem revelou mudanças sutis na sociedade, que ainda está temerosa com a Covid-19.

“Tais mudanças podem ser percebidas com a redução instantânea de compras realizadas pela internet, através de aplicativos, assim como o aumento e a retomada das compras em lojas do bairro, onde o consumidor se sente menos exposto do que dentro dos shoppings centers”, ressalta. a retomada da economia local, está ocorrendo em doses homeopáticas, mas já demonstra uma esperança de um retorno com mais força ao longo das próximas semanas.”

Segundo o levantamento, as compras pela Internet deverão representar 38% do volume total. Em seguida, virão as compras em lojas de bairro (22%), no mercado informal (15%) e nos shoppings (11%).