Publicado em 01/07/2022 às 20h00.

Salvador mantém liderança na criação de empregos formais no Nordeste

De janeiro a maio deste ano, foram criados quase 19 mil empregos formais na cidade

Leilane Teixeira
Foto: Jefferson Peixoto/Secom
Foto: Jefferson Peixoto/Secom

 

A capital baiana é líder na região Nordeste, ao registrar um acumulado de janeiro a maio deste ano, com a criação de quase 19 mil empregos formais. Só no mês de maio, foram gerados 4.326 postos de trabalho.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, divulgados esta semana. A pesquisa coloca Salvador em sétimo lugar entre as capitais que mais geraram emprego, no acumulado do ano.

Neste período, a cidade passou a contar com um estoque de quase 600 mil empregos celetistas. Os setores que mais contribuíram para este resultado foram os da construção civil, com 6.645; educação, 4.089 e saúde humana e serviços sociais, com 3.297 vagas.

“A Prefeitura vem adotando diversas ações para intensificar a geração de emprego e renda em Salvador. Dentre elas, está o programa Treinar para Empregar, que tem como estratégia fomentar a qualificação profissional”, sinaliza a secretária de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), Mila Paes.

Conduzido pelo Semdec/Simm, o Treinar para Empregar tem duas frentes de trabalho. A primeira é capacitar o cidadão nas diversas carreiras, oferecendo ferramentas de treinamentos adequadas, viabilizando conhecimento e estimulando a capacidade competitiva e o fortalecimento do potencial profissional. Outra estratégia é sensibilizar empresários e empreendedores para criação de vagas, que substituam a exigência de experiência em carteira, por horas de capacitação.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.