Publicado em 04/08/2020 às 15h50.

Com risco de cair para Série C, Cruzeiro decide vender imóvel

Recursos serão destinados a pagamento de dívidas cobradas na Fifa, que já custaram seis pontos na Série B deste ano

Redação
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

 

O conselho deliberativo do Cruzeiro autorizou na noite de segunda-feira (3) a venda de um imóvel chamado de Sede Campestre 2, atualmente usada como estacionamento. O resultado da reunião foi divulgado nas contas oficiais do clube. A venda foi proposta pelo presidente Sérgio Santos Rodrigues (foto), que assumiu este ano.

A expectativa do clube é que o negócio renda cerca de R$ 15 milhões, que serão destinados a pagamento de dívidas cobradas na Federação Internacional de Futebol (Fifa). Pelo não pagamento de R$ 5,3 milhões cobrados pelo Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, o tradicional clube mineiro perdeu seis pontos no Brasileiro da Série B deste ano.

Como continuou a pagar ao time árabe, sofreu nova ação de cobrança na Fifa, cuja penalidade que resta é o rebaixamento de divisão. Em 2019, por baixa campanha no campo, o time mineiro caiu da Série A para a B.