Publicado em 22/11/2020 às 19h00.

Trump defende retirada de EUA do Acordo de Paris: ‘Injusto e unilateral’

Os Estados Unidos formalizaram no último dia 4 a saída do Acordo de Paris; presidente eleito Joe Biden prometeu reintegrar o país ao tratado

Redação
Foto: Shealah Craighead/Casa Branca
Foto: Shealah Craighead/Casa Branca

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu a retirada do país do Acordo de Paris, considerado “injusto” pelo republicano. Em reunião virtual do G20 neste domingo (22), Trump afirmou ainda que o acordo climático assinado por 195 países foi injusto para os americanos.

“Retirei os Estados Unidos do injusto e unilateral acordo climático de Paris, um acordo muito injusto para os Estados Unidos. O acordo não foi projetado para salvar o meio ambiente. Foi projetado para matar a economia americana”, declarou.

De acordo com informações da Folha de S.Paulo, Trump afirmou ainda que se recusa a entregar “milhões de empregos americanos” e a enviar “trilhões de dólares” ao que chamou de “piores poluidores e transgressores ambientais do mundo”. Trump é defensor da indústria de combustíveis fósseis e é cético em relação à crise climática global.

Os Estados Unidos formalizaram no último dia 4 a saída do Acordo de Paris sobre o clima. O presidente eleito Joe Biden prometeu reintegrar o país ao tratado.