Publicado em 05/04/2017 às 16h06.

Após defesa, Joseildo deve se posicionar contra PEC dos Gastos

Deputado estadual do PT chegou a se declarar favorável à proposta que autoriza AL-BA a gerar despesas ao Executivo, mas mudou de lado após pito de Rui Costa

Rodrigo Aguiar
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Relator da PEC dos Gastos na Assembleia, o deputado estadual Joseildo Ramos (PT) deverá realmente se posicionar contra a proposta em seu parecer. Há duas possibilidades: declarar a matéria inconstitucional ou apresentar emendas para alterá-la.

O petista chegou a defender o texto logo anunciada a relatoria, mas mudou de discurso após críticas do governador Rui Costa à matéria. De autoria do deputado Luciano Ribeiro (DEM), a proposta revoga um inciso da Constituição estadual e permite aos parlamentares da Casa aprovarem projetos geradores de despesas para o Executivo.

Quando questionado, Joseildo não antecipou o conteúdo do seu relatório. No entanto, já avisou à oposição que “se tirar, piora”, em uma referência ao inciso que a PEC sugere eliminar da Constituição da Bahia. A proposta ainda não tem uma data de votação definida.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.