Publicado em 14/01/2016 às 16h45.

Carnaval tem novo patrocinador e grade ‘quase’ pronta

Água de coco Obrigado se une ao Itaú, Schincariol e Air Europa ampliando o número de patrocinadores da festa na capital baiana

Ivana Braga
Presidente da Saltur, Isaac Edington, confirma apresentações gratuitas de Saulo no carnaval de Salvador (Foto: Ivana BRaga/bahia.ba
Presidente da Saltur, Isaac Edington, confirma apresentações gratuitas de Saulo no carnaval de Salvador (Foto: Ivana BRaga/bahia.ba

 

A água de coco Obrigado é a mais nova patrocinadora do Carnaval de Salvador. A informação foi dada em primeira mão ao bahia.ba pelo presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, durante o cortejo da Lavagem do Bonfim, nesta quinta-feira (14). Os valores da negociação não foram revelados. De acordo com ele, a companhia se associa aos demais patrocinadores (Itaú, Brasil Kirin e Air Europa) para possibilitar que a festa seja praticamente auto-sustentável. Este ano a Schin entra nos bairros com o mesmo contrato de exclusividade que vale para o evento no centro.

Segundo o comandante da Saltur, os investimentos da prefeitura são canalizados para a área de serviços, como limpeza, iluminação, entre outros. “Com a parceria da prefeitura com os artistas e patrocinadores foi possível ampliar o leque de atrações e levar a festa a um maior número de bairros”, explica Edington, ao considerar que nos últimos quatro anos a administração municipal tem profissionalizado e popularizado cada vez mais o carnaval. “Com isso, ganha a prefeitura, a cidade, a população e os turistas, que certamente voltarão. Para o carnaval, a rede hoteleira já está com 100% da sua capacidade reservada. Isso é bom para a nossa economia”, avaliou.

Atrações – A prefeitura vai contar com apresentações gratuitas como o cantor Saulo, considerado “velho parceiro”, Igor Kannário (R$ 40 mil) e Daniela Mercury (R$ 150 mil), que fará duas apresentações após ser contratada por um valor bem reduzido para o seu padrão, conforme informou Isaac Edington. Devido a negociações em curso, ele ainda não sabe dizer qual será o valor total empregado no pagamento dos cachês.

Em contrapartida, os patrocinadores dos artistas poderão desfilar suas marcas ao lado dos financiadores exclusivos da festa. “Salvador conseguiu estabelecer essa convivência sem ferir os contratos de exclusividade firmados. Isso possibilita que a prefeitura contrate mais atrações por um valor menor”, explicou o presidente da Saltur, para quem a folia está praticamente organizada.

“Está quase tudo pronto, faltam apenas alguns detalhes. Vamos fazer a abertura histórica na quarta-feira com um grande encontro com o que há de mais representativo no meio artístico do carnaval: 150 músicos, trio elétrico,  capoeiristas, as Ganhadeiras de Itapuã, cortejo com mais de 100 baianas, enfim. Vão desfilar da Praça Castro Alves em direção ao Palácio Thomé de Souza, onde se encontram com o prefeito ACM Neto e o Rei Momo, que receberá aí a chave da cidade”, enumerou. “Vai ser uma estação de cores, de cultura. Esse será o carnaval de participação popular”, adianta o presidente da Saltur.