Publicado em 20/02/2019 às 17h48.

Discursos sinalizam que novo líder de Neto na Câmara deve ser anunciado em breve

Henrique Carballal, que esteve reunido nesta terça com o prefeito, cobrou demissões, enquanto Paulo Magalhães Júnior usou tom mais conciliador

Rodrigo Aguiar
Foto: divulgação
Foto: divulgação

 

O vereador Paulo Magalhães Júnior (PV) deve ser anunciado como novo líder da bancada de governo na Câmara de Salvador nas próximas horas, a julgar pelo tom dos discursos feitos na tarde desta quarta-feira (20).

Magalhães terá como primeira missão lidar com uma crise instalada entre a Câmara – incluída a bancada governista – e o secretário de Trabalho, Esporte e Lazer, Alberto Pimentel (PSL).

Em meio às diversas críticas feitas na sessão desta quarta por seus colegas contra o titular da Semtel, Magalhães subiu à tribuna e fez um discurso mais conciliador, inclusive destacando a aliança entre o prefeito ACM Neto (DEM) e o presidente da Casa, Geraldo Júnior (SD).

Henrique Carballal (PV), por sua vez, fez uma espécie de “despedida” da liderança, na avaliação de muitos colegas, ao cobrar do prefeito a exoneração de integrantes da juventude do PSL lotados na secretaria de Pimentel. Carballal esteve reunido com o prefeito na noite desta terça-feira (19).

Insatisfeito por não assumir um cargo na administração municipal, Carballal terminou como centro de um imbróglio que emperrou nas últimas semanas a oficialização de Magalhães como novo líder de Neto na Câmara.

PUBLICIDADE