Publicado em 03/12/2019 às 15h08.

Governo promete R$ 1,2 bi a parlamentares para destravar votações no Congresso

O compromisso de executar as emendas foi anunciado em uma reunião na residência oficial da presidência da Câmara

Redação
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

 

Para garantir votações de interesse do Planalto, o governo prometeu nesta terça-feira (3) liberar recursos de emendas a parlamentares até o final do ano, informa a Folha.

Apesar de não haver um valor definido, fala-se nos bastidores em uma execução semanal de R$ 300 milhões, o que totalizaria aproximadamente R$ 1,2 bilhão até o fim de 2019.

O compromisso de executar as emendas foi anunciado em uma reunião na residência oficial da presidência da Câmara com a participação do chefe da Casa, Rodrigo Maia (DEM), do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), e do líder do governo no Congresso, o senador Eduardo Gomes (MDB).

Deputados e senadores têm derrubado vetos do presidente Jair Bolsonaro e imposto sucessivos adiamentos das sessões.

PUBLICIDADE