Publicado em 19/08/2019 às 11h05.

Mais de 50 artistas cantam a música da santa Dulce

Eles estarão congregados no disco 'A Bahia Canta a Sua Santa', organizado pelo publicitário Nizan Guanaes

Levi Vasconcelos

Pequena Gigante, a música que o publicitário Nizan Guanaes compôs para homenagear Irmã Dulce, a santa da Bahia, com um toque de africanidade, foi abraçada de voz e alma pelos artistas baianos, inclusos os top, como Margareth Menezes, Ivete Sangalo, Saulo e cia.

Eles estarão congregados no disco ‘A Bahia Canta a Sua Santa’, organizado pelo próprio Nizan.

A forma como eles se apresentarão em público ainda está sendo decidida, já que a missa festiva para celebrar a canonização, dia 20 de outubro, é da igreja. Lá, só será permitido bandas e cantores sacros.

Mas a festa vai seguir. Roberto Laborda, baiano radicado na Espanha, onde comanda uma ópera, já prometeu dar a contribuição dele, lá e cá.

Levi Vasconcelos

Levi Vasconcelos é jornalista político, diretor de jornalismo do Bahia.ba e colunista de A Tarde.

PUBLICIDADE

Mais notícias