Publicado em 13/08/2019 às 11h05.

De volta às ruas, estudantes e professores protestam contra cortes na Educação

Centenas de pessoas lotam as ruas do Campo Grande; manifestantes irão até a Praça Castro Alves

Milena Teixeira
Foto: Rayllanna Lima/bahiaba
Foto: Rayllanna Lima/bahia.ba

 

Centenas de estudantes e professores das esferas municipal, estadual e federal estão nas ruas do Campo Grande, na manhã desta terça-feira (13), para protestar contra o corte de verbas na Educação. O governo federal anunciou o bloqueio de 30% do Orçamento da pasta no último mês de maio.

Alunos e docentes declararam greve geral desde a madrugada desta terça. Com cartazes e bandeiras, eles caminham até a Praça Castro Alves, no Centro.

Presidente da Central Única dos Trabalhadores da Bahia (CUT-BA), Cedro Silva é um dos organizadores do ato. De acordo com o sindicalista, o movimento é “em defesa da democracia e da soberania nacional”.

“Estamos aqui contra os cortes na Educação e contra reforma da Previdência, que está sendo votada no Senado. Somos contra a privatização das universidades”, afirma Silva.

Foto: Rayllanna Lima/bahiaba
Foto: Rayllanna Lima/bahia.ba

 

O presidente da União dos Estudantes da Bahia (UEB), Natan Ferreira, falou sobre o papel dos estudantes no protesto.

“Estamos em uma luta que dá continuidade ao que aconteceu em maio. Nós, estudantes brasileiros, somos diretamente afetados por esses cortes. Por muitos anos, os estudantes estiveram distante da universidade e, hoje, queremos continuar. A revolta desse governo é porque a gente conseguiu democratizar esse espaço que por muito tempo foi da elite. A gente quer ampliar a universidade”, declarou.

Já o  representante dos professores, Rui Oliveira, deu informações sobre as pautas da categoria.

“Nós estamos aqui e em mais 400 municípios […] Hoje no Brasil é de dia de luta. Vamos para ruas quando for necessário para que o governo não acabe com a Educação. Eles retiraram dinheiro da Educação, do livro didático, do Fundeb e querem privatizar as universidades”, disse.

 

PUBLICIDADE