Publicado em 17/01/2022 às 07h54.

Secretaria de Saúde renova convênio para programa de residência médica

Médicos residentes inscritos no programa atuam nas unidades básicas da rede municipal soteropolitana

Redação
Foto: Max Haack/Secom
Foto: Max Haack/Secom

 

A Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), renovou o convênio com a Centro Universitário UniFTC e o termo aditivo com a Fundação Bahiana para Desenvolvimento das Ciências (FBDC) para conceder aos estudantes campos para prática em estágio, pesquisa, projeto de extensão e residência médica.

O curso de Residência Médica em Saúde da Família tem característica de pós-graduação, sob a forma de treinamento em serviço. Os médicos residentes inscritos no programa atuam nas unidades básicas da rede municipal soteropolitana, de forma supervisionada.

“A residência faz com que o profissional crie vínculos e apoie a população nos problemas da comunidade, conseguindo identificar a melhor forma de cuidar da saúde. A população vai poder receber um médico mais próximo e preparado, que consiga entender a sua realidade. Esse foi um projeto implantado em 2019 e, hoje, renovamos o convênio para permanecer fortalecendo a formação de profissionais para atuação no programa de Saúde da Família”, explicou o titular da SMS, Leo Prates.

Novas bases Samu – A SMS também instalará bases descentralizadas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) na sede da UniFTC, na Paralela, e na Faculdade Bahiana, no Cabula. Atualmente, Salvador conta com 13 bases descentralizadas do Samu espalhadas em pontos estratégicos da cidade.

“Essas são regiões da cidade com grande movimentação de veículos e a implantação dessas duas novas bases servirão como medida estratégica, que garantirá mais rapidez nos atendimentos de acidentes e demais ocorrências que demandarem a assistência do Samu”, afirmou o subsecretário da Saúde, Decio Martins.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar sua experiência de navegação. Gerencie seus cookies ou consulte nossa política.