Publicado em 26/05/2020 às 14h40.

ACM Neto anuncia restrições em Periperi; outros cinco bairros continuam ‘fechados’

Anúncio foi feito durante inauguração de unidade Covid-19 no Hospital Sagrada Família; bairro do Bonfim sai da lista de restrições

Redação
Foto: Valter Pontes/Prefeitura de salvador
Foto: Valter Pontes/Prefeitura de salvador

 

O prefeito ACM Neto anunciou nesta terça-feira (26) a inclusão do bairro Periperi, no Subúrbio ferroviário de Salvador,  na lista de áreas com medidas restritivas regionalizadas. Durante inauguração da unidade Covid-19 no Hospital da Sagrada Família, no Monte Serrat, o prefeito ainda anunciou a renovação das medidas nos bairros Lobato e Liberdade. O bairro Bonfim saiu da lista.

A partir de quinta-feira (28), Periperi receberá ações de distribuição de máscaras, realização de testes rápidos, medição de temperatura, doação de cestas básicas para feirantes e ambulantes e higienização das ruas. Também haverá ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, apoio a instituições que cuidam de idosos, crianças e pessoas com deficiência, além do Cras Itinerante.

Além de Periperi, seguem com medidas restritivas os bairros Plataforma, Brotas, Cosme de Farias, Massaranduba e Uruguai. Nesses locais está proibido o funcionamento de qualquer atividade econômica, com exceção de supermercados, farmácias e estabelecimentos que usam a modalidade de delivery ou que oferecem serviços de saúde.

“Se as coisas derem certo e a gente conseguir reunir expressivamente a taxa de transmissão, aliviando os leitos de UTI, vamos ter segurança para, a partir do primeiro dia de junho, quando vencem os decretos gerais de enfrentamento à pandemia e de medidas restritivas, poder dar início à reabertura de algumas atividades econômicas na capital. Mas isso só vai poder acontecer se a gente conseguir vencer com louvor essa que é a semana mais crítica, preocupante e desafiadora desde o início do enfrentamento à pandemia”, avaliou o prefeito ACM Neto.

Na última segunda-feira (26), Salvador atingiu 88% de ocupação nos leitos de UTI. A expectativa é diminuir esse índice nesta semana, com a abertura de leitos e com os resultados dessa semana, em que foram antecipados feriados e suspensas por decreto atividades comerciais.

Mais notícias